5 dicas para evitar que as dores musculares te impeçam de treinar

As dores musculares podem ser um bom sinal, mas é importante controlá-las para evitar que elas te impeçam de treinar – e para diminuir seu sofrimento!

O objetivo da musculação é causar microlesões nas fibras musculares, para que elas se recuperem e se tornem maiores e mais fortes. Mas esse processo, muitas vezes, é dolorido.

O processo de microlesões musculares causa as famosas dores musculares tardias (DOMS). Apesar de um treino bom nem sempre causar esse tipo de desconforto, é fato que ele existe e pode ser um bom sinal.

Claro que nem toda dor é resultado deste processo: às vezes, dores podem surgir por má execução de movimentos ou por lesões sérias – e, nesses casos, a dor não é boa e não indica que seu músculo está crescendo.

Mas aqui vamos falar da dor “boa”, essa que é resultado de um treino bem feito, intenso, e que indica que seus músculos estão se desenvolvendo.

Em algumas situações, essas dores incomodam bastante e tem gente até que precisa ficar uns dias sem treinar para se recuperar. Só que não precisa ser assim!

É possível superar as dores musculares e continuar treinando – claro que com atenção e cuidados redobrados para evitar lesões e outros problemas.

Veja abaixo as dicas para você superar as dores musculares sem ter que ficar “de molho”, longe academia. Se liga:

5 dicas para evitar que as dores musculares te impeçam de treinar

1- Reidratração

recuperação muscular 1

A regra geral é que você precisa repor todo o líquido perdido durante o treino antes da próxima sessão.

Além de se pesar antes e depois de treinar, você pode medir a necessidade de reidratação pela coloração da sua urina, que deve ser transparente (ou quase isso). Se estiver amarela, você precisa tomar mais água!

2- Massagem

massagem

As microlesões causadas pelos exercícios nas fibras musculares podem durar de 24 a 72 horas. O segredo para minimizar seu efeito é livrar o organismo de toxinas e aumentar a circulação sanguínea.

Diversos tipos de massagem podem ajudar com o segundo objetivo – a água é ideal para o primeiro.

Você pode fazer massagens relaxantes, com profissionais especializados, ou então utilizar métodos “caseiros”. Atualmente, existem até acessórios que podem oferecer ótimos resultados como este e este.

3- Compressão

camiseta-manga-longa-compressao-under-armour-recharge-masculina

A teoria sobre roupas de compressão – camisetas, bermudas, meias, etc, que são super apertadas – é que elas “empurram” o sangue pelas veias, ajudando a diminuir a fadiga muscular.

Existem até alguns estudos que indicam que roupas de compressão aceleração a recuperação – mas, claro, precisa comprimir num grau bastante significativo e, ao mesmo tempo, sem exageros, para não se tornar totalmente desconfortável.

Encontrar esse equilíbrio não é das tarefas mais simples, mas pelo sim, pelo não, vale a pena investir em acessórios do tipo.

4- Sono

homem ganhar músculo dormir dormindo

 

Essa você já deve estar cansado de saber, mas não poderia ficar fora da lista.

Além de essencial para a recuperação muscular, o sono ainda favorece o crescimento dos músculos, pois é o período em que o corpo produz o maior volume de substâncias responsáveis pela hipertrofia – como o GH, o hormônio do crescimento.

Mas mais do que te ajudar a crescer, uma boa noite de sono certamente vai te ajudar a sentir menos dores. Entre sete e nove horas bem dormidas, em local escuro, confortável e silencioso, pode fazer um verdadeiro milagre.

5- Alimentação

whey-alimentacao

A alimentação pós-treino é um assunto que gera controvérsias, mas o fato é que você precisa de proteína.

O problema é que enquanto alguns estudos indicam que é melhor ingerir pequenas doses ao longo de todo o dia, outros sugerem um consumo maior logo após a atividade física.

Para não vacilar, consulte um nutricionista e veja, com ele, o que é melhor especificamente para você e as necessidades do seu corpo e do seu organismo.

De uma coisa ninguém duvida: a alimentação interefere em todos os processos do seu organismo – e a recuperação muscular sem dúvidas está entre eles.

Comentários