cheat meal - manter peso

3 dicas para conseguir manter o corpo trincado após vencer a perda de peso

Quando o assunto é queimar gordura e fazer os músculos aparecerem, a parte mais difícil é perder peso, porque depois é fácil manter, certo? ERRADO!

É aí que a maioria se engana. E se você acha que perder peso é difícil, lamentamos informar, mas manter o peso depois é ainda mais difícil.

E não falamos isso para desencorajar ninguém. Pelo contrário, porque é justamente por acharem que o segundo passo é mais fácil que a maioria das pessoas acaba tropeçando e voltando ao estágio inicial.

Claro que isso não vale para absolutamente todas as pessoas do mundo. Algumas têm mais facilidade em manter o do que em perder… mas são casos raros. De forma geral, o segundo passo é o mais complicado.

Se você não acredita, basta dar uma olhada na lista abaixo. Além de provar essa teoria e de deixar claro que você vai precisar se esforçar mesmo quando atingir o peso ideal, ela também traz dicas para você vencer esse desafio com menos dificuldade. Se liga:

3 dicas para manter o corpo trincado após vencer a perda de peso

1 – Dieta x Reeducação alimentar

Normalmente, quando uma pessoa tem um objetivo específico como perder peso, ela sempre procura a forma mais fácil e rápida de conseguir – uma dieta restritiva, por exemplo.

Essa tática realmente pode funcionar, afinal o conceito básico da perda de peso é ingerir menos calorias do que se gasta. O problema é que estas dietas não são individualizadas.

No começo podem até fazer muito efeito, mas, por não levarem em consideração os horários, hábitos alimentares e outras questões individuais, as pessoas não conseguem segui-las por muito tempo, fazendo com que os velhos hábitos retorne lentamente.

Muitas vezes as pessoas nem percebem que estão deixando de seguir totalmente a dieta e ainda dizem que ela parou de fazer efeito.

Outra situação comum: a pessoa faz uma dieta restritiva e perde o peso desejado. Depois de chegar ao peso ideal, volta aos hábitos alimentares de antes. O resultado, claro, é a volta do peso de antes também.

Para perder peso e manter o peso alcançado, a pessoa deve seguir uma dieta saudável e individualizada, que leve em consideração o horário que ela acorda, treina, vai dormir, os hábitos e preferências alimentares, entre várias outras questões – e, claro, só um nutricionista é capaz de fazer isso.

A pessoa deve entender que o plano individualizado é a melhor opção para trazer melhores resultados, para pessoa conseguir seguir por um longo período de tempo e para usar como base de uma alimentação saudável.

É preciso aprender com o plano, as melhores substituições para cada alimento, os horários certos para se alimentar e tornar do seu plano alimentar uma reeducação alimentar.

Assim, você não precisa ficar preso a um papel e pode ter uma vida normal e saudável.

2 – Dieta x exercício físico

Como citamos no item anterior, para perder peso corporal você precisa ingerir menos calorias do que gasta ao longo do dia. Para manter o peso corporal, deve equilibrar o consumo e o gasto calórico.

Acontece que para alcançar este equilíbrio existem dois fatores em jogo: a dieta e o exercício físico. Claro que a criação de um plano alimentar deve levar em consideração também outros fatores, como a Taxa Metabólica Basal e outras questões individuais. Mas o fato é que são esses dois fatores que vão “conversar” mais, ajustando-se um ao outro.

O plano alimentar deve ser calculado e definido de acordo com o gasto calórico da atividade praticada. Se você ficar um tempo sem treinar ou se mudar seu treino, deve equilibrar o plano alimentar de acordo com isso.

O contrário também se aplica. Se por algum motivo você aumentar o tempo e/ou a duração e/ou a intensidade da sua atividade física, deve ajustar sua dieta a isso.

Assim é possível manter o equilíbrio entre o consumo e o gasto de calorias e manter o peso muito mais facilmente.

É claro que você não deve alterar sua dieta se em 1 ou 2 dias houver alguma diferença no treino, apenas se essa diferença for prolongada ou definitiva.

3 – Sem trapaças

Para manter o peso a pessoa não pode se auto enganar, que pode acontecer de várias formas. Muitas vezes as pessoas usam de pequenas conquistas e resultados para uma recompensa.

Por exemplo, a pessoa perde 1kg em um mês e vai comemorar em um fast-food com muita fritura, gordura e calorias. Não se deve tratar a comida como um vício e usá-la como recompensa.

Ninguém recompensa uma pessoa que ficou 1 mês sem usar drogas, com um dia de droga. Por que fazer isso com a comida?!

Outra forma de se auto enganar é achar que pequenas falhas não têm problema. Que comer uma besteira aqui, um doce ali, não muda nada. Em relação às calorias, pode não mudar mesmo. O problema é que para manter o peso é necessário mudar o estilo de vida.

Quando mudamos a mente, não pensamos em maneiras e desculpas de escapar da dieta, pois a dieta é o novo estilo de vida.

E aí, você está pronto para perder peso e manter o seu corpo trincado depois?

LEIA MAIS: 8 bobagens sobre nutrição que as pessoas falam na academia 
LEIA MAIS: 8 fatos que você precisa saber sobre o abacate

Comentários